DESCASQUE MAIS E DESEMBALE MENOS

É comum recebermos em nossos consultórios de nutrição clientes (pacientes) que acreditam piamente que uma barrinha de cereais e proteínas ou até mesmo um snack integral ou para agradar mais ao paladar, biscoitinhos integrais enriquecidos com vitaminas podem realmente trazer benefícios à saúde como um lanchinho rápido. Pois bem leitores, esses produtos escondem armadilhas perigosas e que podem influenciar de maneira muito negativa, principalmente nos mecanismos da fome.

Esses produtos por mais que trazem como propaganda ‘orgânicas’, ‘adoçada com mel’, ‘feita somente com oleoaginosas’ e por aí vai, são na verdade ricas em açúcares (diga-se invertido, xarope de glicose, mel) ou em polióis (adoçantes que alteram de forma negativa nossa flora intestinal) ou farinhas enriquecidas com ferro e ácido fólico (totalmente desnecessário, pois este ferro não é absorvível e excesso de ácido fólico reduz níveis de vitamina B12). Os cereais submetidos a altas temperaturas de forma acelerada, modificam a estrutura química transformando parte deste amido em acrilamida, um composto tóxico que influencia a alteração de células (tumores e câncer), além do que também alteram nossa flora intestinal saudável.

Outros componentes são as gorduras vegetais fracionadas (diga-se gordura trans), emulsificantes em quantidades enormes que aumentam o número de microorganismos patogênicos em seu intestino e oleaginosas sem padrão nenhum de controle de fungos. Isso mesmo: castanhas, amendoins, amêndoas e etc tudo isso é riquíssimo em fungos. Hummm, então não posso comer nem as oleaginosas? Pode claro, o problema é que a indústria não tem controle sobre o armazenamento destes produtos e então, o aquecimento e nem processamento te livram das toxinas que esses fungos liberam dentro de você.

Daí você me pergunta: como isso não é revelado a nós consumidores? Você fica extremamente indignado porque acreditou durante tempos que estava enviando um lanche muito saudável ao seu filho, mas não percebia também o motivo na qual ele chegava em casa e tinha tanto apetite ou queixas intestinais. 

Não esqueça: a indústria alimentícia sabe muito bem como manipular o consumidor a confiar em produtos quase que milagrosos. Nada substitui um bom prato de arroz e feijão com ovo ou uma tigela de frutas cortadas em casa e levadas na bolsa. Sim e por que não? Você tem vergonha em achar o que os outros vão pensar? Mas lá na frente quando o médico lhe der o diagnóstico do quanto sua vida poderia ter sido diferente caso a mudança de pequenos hábitos lá atrás, tivessem sido feitas, você repensaria muito bem antes de parar em qualquer lugar e apanhar uma barra de cereais ou biscoitos porque não tem tempo de ir no supermercado e comprar frutas ou descascar uma banana te dá trabalho. Mas então o que eu como para facilitar minha correria do dia a dia? Procure um profissional nutricionista apto realmente a lhe orientar. Pense nisso: desembale menos e descasque mais!!!

FRANCESCA PAULA KUNZ 

FARMACÊUTICA INDUSTRIAL - CRF SC 4188

NUTRICIONISTA ESPORTIVA FUNCIONAL - CRN10 SC 4346

FITOTERAPIA FUNCIONAL

FISIOLOGIA E BIOQUÍMICA DO EXERCÍCIO

Please reload