A MARAVILHOSA CIDADE DE DOHA

Quem escreve o "Pé na Estrada" de hoje é o meu grande amigo Nedson Antonelo. Esse gato brasileiro que cresceu na Itália e hoje roda o mundo a trabalho, sempre que pode corre pro Brasil matar a saudade da família e dos amigos. Sorte a minha estar inclusa nessa seleta lista hein? =) Espero que vocês curtam essa matéria que ele preparou com tanto carinho pra vocês! Doha por Nedson!

Vivendo desde os 12 anos de idade fora do Brasil tive a oportunidade de visitar muitos lugares bonitos e interessantes ao redor do mundo, porém Doha me surpreende todos os dias pela sua beleza única e a sua diversidade cultural. Nesta matéria tentarei descrever da melhor maneira este oásis moderno que me encanta todos os dias.

Doha, capital do estado de Qatar, possui cerca de 1,4 milhões de habitantes onde 85% são estrangeiros, tornando-a uma cidade totalmente cosmopolita. Em maio de 2015, Doha foi oficialmente reconhecida como uma das “NEW 7 WONDERS CITIES” ( Sete novas cidades maravilhosas) juntamente com Vigan, La Paz, Durban, Havana, Beirute e Kuala Lumpur. Agora vocês devem estar se perguntando o motivo desta cidade ser tão especial. Eu diria que qualidade de vida aliada a eficiência, bem como a infra-estrutura e arquitetura impecável dos edifícios, shoppings e estádios. Posso afirmar com toda certeza que tudo passa muito perto da perfeição. Em 2022 o país vai ser sede da Copa do Mundo FIFA de 2022, uma boa oportunidade para os brasileiros virem conhecer.

Eu moro numa área chamada "The Pearl", uma ilha artificial ao largo da costa de West Bay, criada para hospedar o maior projeto residencial e comercial do país. O lugar é único e segue o estilo de arquitetura italiana clássica (lembrando muito Veneza), rodeado por sua bela e acolhedora praia. Em “The Pearl” você vai encontrar um local chamado Porto Saudita, uma ilha onde você pode estacionar o seu iate particular e desfrutar dos restaurantes incríveis ao longo do porto. Associo muito este lugar a Porto Cervo na Sardenha, Itália (país onde morei por 14 anos da minha vida). Para se ter noção da importância e beleza dessa região, há uma semana aconteceu nessa área o “World Road Cycling Championship”, e para mim foi uma experiência incrível.

O fato de trabalhar em West Bay (que fica a apenas 10 minutos de “The Pearl”), me permite desfrutar todos os dias do pôr do sol incrível do porto quando estou voltando para casa. Nesse horário (cerca de 05:00 pm), o local fica mais movimentado com pessoas caminhando , correndo e desfrutando dos cafés, restaurantes e o visual único. Este lugar é o símbolo do luxo no Qatar. Aqui você vai encontrar showrooms como o da Ferrari e da Rolls-Royce (para os amantes de carros), e marcas internacionais como Giorgio Armani, Ermanno Scervino, Philipp Plein e Jacob Cohen para quem gosta de moda. Dias atrás entrei na Philipp Plein para ver uma camiseta, e o gerente me mostrou uma t-shirt pelo preço de 35.000 reais. Achei um absudo, mas é a realidade! Respondi: muito obrigado, mas hoje não! (hehehehe).

Nos finais de semana costumo ir pro norte de Qatar e desfrutar das "praias Caribenhas". Minha preferida é chamada Fuwairit, e fica há apenas 45 min de carro de Doha. Além disso, se você gosta de se aventurar, um bom passeio é ir para o mar no interior do deserto. É um lugar mágico que você não pode deixar de visitar no Qatar. Normalmente, leva-se em torno de 2 horas de carro. Recomendo o uso de um veículo 4x4, afinal você ter que dirigir cerca de uma hora por entre as dunas, até chegar ao mar incrível. O pôr do sol para mim é o melhor momento! As dunas ficam vermelhas lhe proporcionando um visual incrível para as fotos.

Para os amantes de balada, a noite de Doha também é famosa. Muitos dj’s internacionais tocam aqui com frequência, como Tiesto, Bob Sinclair, entre outros. O meu clube preferido é o “The Roof Top by St. Regis hotel”. Neste lugar você vai encontrar música agradável, bebidas de qualidade e pessoas bonitas. Além desse clube, existem muitas outras opções de casas noturnas.  Você pode viver aqui por um ano e não repetir o mesmo lugar.

No quesito restaurante os meus favoritos são o “La Spiga” no Hotel W, e o “La Antica Pesa” no Kempinsky Hotel.  Ambos restaurantes italianos, deliciosos.

Existem três razões pelas quais eu gostaria de sugerir Doha como um lugar para visitar e viver: a cidade é extremamente segura, o clima é quente o ano inteiro, e trabalho e diversão aqui não falta. Meu agradecimento a minha querida amiga Jô pela oportunidade de escrever esta matéria para contar um pouco da minha vida nesta cidade incrível.

 

Nedson Antonelo

Italo-Brasileiro – Arquiteto

Living and experiencing live through: Florianopolis (Brasil) - Roma (Itália) - Abuja (Nigéria) - Cidade do Panamá (Panamá) - Doha (Qatar)

 

 

Please reload