TRÊS DICAS SIMPLES PARA MELHORA A CORRIDA

A corrida cada vez mais está ganhando espaço e diversas pessoas adotaram esse esporte como exercício para manter uma vida mais saudável. É uma atividade que pode ser praticada tanto ao ar livre, quanto em academias e exige disposição e disciplina para seguir. Entretanto, é bom ficar alerta para não sobrecarregar determinadas regiões do corpo e provocar lesões. Para corredores iniciantes, algumas recomendações básicas fazem toda a diferença, como a postura e a técnica. Três dicas podem ajudar a melhorar o desempenho e tempo na corrida, tanto para amadores quanto para quem já está mais habituado com o esporte.

1- Faça musculação

 

O fortalecimento da musculatura melhora a performance da corrida. Pernas mais fortes absorvem melhor o impacto de cada passada, melhorando a transferência de energia para a próxima passada. Além disso, o treinamento de força diminui o risco de lesões.

 2- Inclua treinos intervalados de alta intensidade em seu programa

 

Ok, você quer chegar longe, mas uma das melhores formas de ir longe na corrida é incluir treinos de alta intensidade. Há várias formas de montar este treino, porém a característica primordial é intercalar curtos períodos de corrida intensa com curtos períodos em um ritmo mais lento. Converse com seu treinador e faça as adaptações no treino gradualmente.

3- Treine técnica de corrida

 

Você corre direito? Talvez você pense que sim, mas a verdade é que a maior parte dos corredores amadores não apresenta uma biomecânica adequada de corrida. Dependendo da sua biomecânica, sua performance pode ser comprometida e você pode estar mais predisposto a sofrer lesões. No caso de lesões por sobrecarga, o médico do esporte pode identificar alterações biomecânicas predisponentes e corrigi-las. Um técnico de corrida experiente pode auxiliar na melhora de sua técnica de corrida.

Essas dicas são simples e relativamente fáceis de aplicar. Sugiro que você escolha a que mais lhe agrade e a trabalhe. Depois que a dica escolhida fizer parte de sua rotina, associe as outras, uma por vez. Desta forma você aumenta aderência em atividades que podem ajudar tanto em seu desempenho esportivo quanto na prevenção de lesões.

 

Gustavo Campelo Bornholdt

➡️ Médico do Esporte pela USP e pela Soc. Bras. de Medicina do Exercício e do Esporte.

➡️ Mestre pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia da USP.

➡️Preceptor responsável pela Residência de Medicina Esportiva da USP (2010/2011).

➡️ Médico da Seleção Brasileira de Basquete

➡️ Coordenador Médico da Confederação Brasileira de Rugby (2010 a 2012).

➡️ Oficial de controle de Dopagem pela USADA (Agência Americana Anti-dooping).

➡️ Medico responsável pelas avaliações de composição corporal padrão ouro: DEXA

Please reload